Cirurgia Plástica Florianópolis

PLÁSTICA DE PÁLPEBRAS (BLEFAROPLASTIA)

Fatores como idade, textura da pele, distúrbios da acuidade visual, problemas emocionais, etc., poderão deixar como conseqüência suas marcas no território das pálpebras. Quando você é examinado(a) pelo cirurgião plástico, este estará fazendo uma análise profunda, para intervir somente naqueles setores que possam se beneficiar com a cirurgia.

Muitas vezes o problema das pálpebras ocorre devido a fatores clínicos, não estando indicada qualquer cirurgia, como por exemplo, nas “olheiras”.

A cirurgia plástica das pálpebras corrige apenas os excessos de pele, gordura e flacidez muscular do território palpebral, podendo, em certos casos, melhorar o aspecto funcional além do estético, como por exemplo, no ectrópio senil.

palpebras antes e depois

As perguntas mais comuns quanto a esta cirurgia são:

1) Existe uma idade ideal para se operar as pálpebras?

Não existe uma idade ideal, mas sim, uma oportunidade ideal. Essa oportunidade é determinada pela presença do defeito a ser corrigido.

2) As cicatrizes são visíveis? Onde se localizam?

Sendo a pele das pálpebras de espessura muito fina, as cicatrizes tendem a ficar disfarçadas nos sulcos da pele. Para tanto, deve ser aguardado o período de maturação das cicatrizes. Pela sua localização são passíveis de serem disfarçadas com uma maquiagem leve, desde os primeiros dias.

3) Qual o tipo de anestesia?

Pela extensão da cirurgia e boa qualidade dos anestésicos, a maioria dos casos é operada sob anestesia local com ou sem sedação.

4) Há dor no pós-operatório?

Geralmente não, desde que o(a) paciente observe as recomendações do cirurgião. Ocasionalmente poderá ocorrer discreta dor, que poderá ser perfeitamente sedada com analgésicos comuns Um certo desconforto é relatado pelo uso de colírios e pomadas oftálmicas.

5) Os olhos ficam muito inchados e roxos? Por quanto tempo?

O edema (inchaço) e a equimose (roxo) dos olhos variam de paciente para paciente. Alguns casos apresentam-se com um aspecto bastante natural já na primeira semana. Mesmo assim, os três primeiros dias do pós-operatório são aqueles em que existem maiores alterações das pálpebras. O uso de óculos escuros poderá ser útil nesta fase, assim como a utilização de compressas frias e colírios. Somente após o 3º mês é que poderemos dizer que o edema residual é discreto.

6) Qual o período de internação?

Em média três horas.

7) Quanto tempo dura a cirurgia?

Normalmente, em torno de 90 minutos. Dependendo do caso, existem detalhes que podem prolongar este tempo. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois, esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória.

8) O que são as manchas roxas ou avermelhadas observadas nos pós-operatórios?

Nada mais são do que a infiltração do sangue na pele subjacente, e mesmo na conjuntiva ocular devidas ao próprio trauma cirúrgico. Isto, entretanto, não constitui qualquer problema futuro e não é considerado como complicação.

9) Quando são retirados os pontos?

Os pontos das pálpebras são removidos após 72 horas normalmente.

10) Quando poderá ser utilizada maquiagem?

Em média 14 dias após a retirada dos pontos. 

11) Quando atingirei o resultado definitivo?

Normalmente após o 3° mês, variando para mais ou para menos de acordo com a coloração da pele.

12) Os olhos ficarão ocluídos após a cirurgia?

Normalmente não. É apenas recomendada a colocação de compressas frias por alguns dias, ato este controlado pelo(a) próprio(a) paciente, como profilaxia do edema acentuado, sempre de forma cuidadosa para que não haja queimadura na pele.

13) Onde é realizada esta cirurgia?

A cirurgia plástica de pálpebras é realizada em Florianópolis, SC, normalmente no Baía Sul Hospital Dia, Hospital Baía Sul, ou Ilha Hospital e Maternidade. Eventualmente, durante a consulta, cirurgião e paciente podem optar por realizar o procedimento em outra cidade ou Hospital / Clínica de Cirurgia Plástica.

14) Afinal, o resultado compensa?

Certamente. É importante, no entanto, levar em consideração o fato de que a cirurgia das pálpebras não proporciona o rejuvenescimento geral da face, quando executada isoladamente. Muitas pacientes esperam este resultado (rejuvenescimento) apenas com a blefaroplastia. O cirurgião plástico melhorará esse território prejudicado pelos defeitos estéticos aí pré-existentes, tais como bolsas de gordura, flacidez e excesso de pele. O rejuvenescimento da face implica em outras condutas associadas à blefaroplastia. Os “pés de galinha” não desaparecerão, devido à ação do músculo orbicular e à perda da elasticidade da pele remanescente. Para isto outros procedimentos são necessários.

cicatriz palpebras

Baía Sul Medical Center, Sala 120 - Florianópolis - SC       +55 48 3333.3399