Cirurgia Plástica Florianópolis

LIPOASPIRAÇÃO/ LIPOENXERTIA/ LIPOESCULTURA

A lipoaspiração é um dos procedimentos mais realizados em cirurgia plástica e tem como objetivo remover os depósitos de gordura localizados no corpo. É muito importante salientar que a lipoaspiração não visa o emagrecimento, mas a melhora do contorno corporal. As candidatas ideais para lipoaspiração são aqueles pacientes que tem gordura localizada, mesmo praticando exercícios regularmente e mantendo uma dieta saudável.

lipo

Existe certa confusão entre os termos: LIPOASPIRAÇÃO, LIPOENXERTIA E LIPOESCULTURA. A lipoaspiração (retirada de gordura) e a lipoenxertia (reintrodução de gordura em outras áreas) são os recursos utilizados para a confecção da lipoescultura.

A leitura das perguntas abaixo sobre a cirurgia servirá para esclarecer sobre os detalhes que certamente estão lhe interessando no momento. Existem muitas informações errôneas quanto a esta cirurgia, utilizada rotineiramente a mais de 25 anos, informações essas geradas por casos excepcionais de pacientes operadas em condições adversas à normalidade.

Normalmente, as seguintes perguntas são feitas por pacientes ao cirurgião plástico, por ocasião da consulta inicial:

1) Quantos quilos vou emagrecer com a lipoaspiração?

Sendo uma cirurgia que retira determinada quantidade de gordura, evidentemente haverá uma redução no peso, que varia de acordo com o volume corporal de cada paciente. Não são, entretanto, os “quilos” retirados que definirão o resultado estético, mas sim as proporções entre as várias áreas do corpo. O limite máximo a ser retirado, definido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é de 5 a 7% do peso corporal.

lipoaspiracao

2) Que outros itens devem ser avaliados para um bom resultado estético?

  • capacidade de retração da pele (quanto maior a flacidez cutânea, menor a chance de haver um bom resultado);
  • quantidade de gordura (nos casos em que existe um peso muito acima do normal, recomendamos um equilíbrio prévio);
  • localização da gordura (parietal ou visceral);
  • tônus muscular de boa qualidade;
  • inexistência de cicatrizes.

Todos este fatores nos permitem otimizar os resultados. É importante sempre lembrar que a lipoaspiração não trata a “celulite”.

3) É possível associar a lipoaspiração com outras cirurgias?

Sim, sempre respeitando os critérios de segurança. Para isto, converse com o cirurgião plástico, que lhe informará sobre a conveniência de fazê-lo ou não, e após pondere sobre as vantagens e desvantagens de tal associação.

4) A lipoaspiração deixa cicatrizes muito visíveis?

As cicatrizes resultantes de uma lipoaspiração são mínimas, localizadas em diversas partes do corpo, de modo a permitir acesso às áreas a serem operadas. Seu tamanho tem no máximo 2 cm, e são planejadas para ficarem pouco visíveis.

5) Em quanto tempo atingirei o resultado definitivo?

Além da dependência temporal do resultado em relação ao processo cicatricial, este também depende da elasticidade da pele, do volume retirado, das áreas afetadas, entre outros.

Nas primeiras semanas ou mesmo meses, essas áreas, além de estarem sujeitas a períodos de edemas (inchaços) e equimoses (roxos), apresentarão alguns pontos mais densos que outros (nódulos fibróticos). Estes normalmente só são perceptíveis à palpação e tendem a desaparecer após alguns meses, se os tratamentos fisioterápicos forem seguidos, quando se vai gradativamente atingindo o resultado definitivo.

NUNCA se expor ao sol neste período é condição fundamental para evitar-se manchas na pele.

6) A lipoaspiração corrige aquele excesso de gordura sobre a região do estômago?

Geralmente sim. Dependendo do seu tipo de tronco (conjunto tórax + abdômen), poderemos ter um resultado bastante natural. Também tem grande importância, sob este aspecto, a espessura do panículo adiposo (espessura da gordura) que reveste o corpo, a elasticidade da pele e a maior ou menor flacidez dos músculos abdominais.

7) Qual o tipo de biquíni poderei usar após a cirurgia?

Fica a seu critério. Seu manequim lhe dirá.

8) Poderei ter filhos futuramente? O resultado não ficará prejudicado?

O resultado poderá ser preservado, desde que na gestação seu peso seja controlado por especialista. Se você voltar ao seu peso anterior e sua pele não apresentar flacidez e estrias decorrentes da gravidez, as formas obtidas serão mantidas. Devemos salientar, entretanto, que o corpo da mulher sofre variações da forma com o decorrer do tempo, devido à disposição da gordura nas diversas áreas corporais, principalmente no abdômen, quadril e coxas. Mesmo assim, aqueles excessos retirados nas áreas devidas, sempre lhe proporcionarão uma melhor evolução, mesmo que você venha a ganhar certo peso.

9) O pós-operatório da lipoaspiração é muito doloroso?

Geralmente a dor/desconforto é discreta e tão somente nos primeiros dias. Uma lipoaspiração ou lipoescultura de evolução normal não deve apresentar dor, desde que obedecidas às orientações pós-operatórias. Eventuais incômodos são resolvidos com a utilização de analgésicos.

10) Há perigo nesta operação?

Raramente a lipoaspiração traz sérias complicações, desde que realizada dentro de critérios técnicos. Isto se deve ao fato de se preparar convenientemente cada paciente para o ato operatório, além de ponderarmos sobre a conveniência de associação desta cirurgia simultaneamente a outras. O perigo não é maior nem menor que qualquer outra cirurgia eletiva. Entretanto, é importante levar em conta que grandes volumes retirados poderão determinar riscos, tanto no ato operatório quanto no pós-operatório. É consenso, na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que o volume total de gordura a ser retirado por cirurgia, não ultrapasse 5 a 7% do peso corporal.

11) Que tipo de anestesia é utilizada para esta operação?

Anestesia geral, peridural ou local assistida, conforme determinação do anestesista responsável.

12) Quanto tempo dura o ato cirúrgico?

Dependendo da extensão das áreas a serem tratadas, o tempo varia de 1 a 3 horas, podendo ser ultrapassado em alguns casos. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória.

13) Qual o período de internação?

Dependendo da extensão da área aspirada e do tipo de anestesia, o período de internação poderá variar de 12 a 24 horas.

14) São utilizados curativos?

Sim. Curativos semi-compressivos com cintas especiais, mantidos por um período de 30 a 45 dias, em média.

15) Quando são retirados os pontos?

Do 7° ao 14° dia.

16) Quando poderei tomar banho completo?

Geralmente após o primeiro retorno ao consultório (3 a 5 dias).

17) Qual a evolução pós-operatória?

Você não deve se esquecer que, até que se consiga atingir o resultado almejado, diversas fases são características deste tipo de cirurgia. Não queira atingir o resultado final antes do tempo previsto. É evidente que toda e qualquer preocupação de sua parte deverá ser transmitida ao seu cirurgião plástico, que lhe dará os esclarecimentos necessários para sua tranqüilidade.
Provavelmente você estará se sentindo tão bem, a ponto de esquecer-se que foi operada recentemente. Cuidado! A euforia poderá levar a um esforço inoportuno.

Condutas complementares em academias de ginástica e com fisioterapeutas poderão melhorar bastante o resultado final, pois a modelagem muscular é um fator de grande importância no novo contorno corporal.

18) Onde é realizada esta cirurgia?

A cirurgia de lipoaspiração é realizada em Florianópolis, SC, normalmente no Baía Sul Hospital Dia, Hospital Baía Sul, ou Ilha Hospital e Maternidade. Eventualmente, durante a consulta, cirurgião e paciente podem optar por realizar o procedimento em outra cidade ou Hospital / Clínica de Cirurgia Plástica.


Baía Sul Medical Center, Sala 120 - Florianópolis - SC       +55 48 3333.3399